Seu Curso

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Internet 4G (?!)

Imprimir
Avaliação do Usuário: / 8
PiorMelhor 

Depois de ter ficado completamente sem tempo (vida de trabalhador universitário não é fácil, rs) cá estou eu novamente!!

E voltei pra falar sobre um assunto que é a cereja no topo do bolo da atualidade. INTERNET 4G!!

Mas você pode ter se perguntado "Meu caro Wiill, por quê um '?!' no título desse artigo?". É fácil. Se nós não temos nem uma internet 3G com qualidade, como é que as operadoras vão querer prometer uma 4G perfeita?! ¬¬

De acordo com a UOL Celular, 3G é um conjunto de tecnologias "que tem por objetivo oferecer acesso móvel à Internet em alta velocidade. Leia-se até 40 Mbps. Estas tecnologias são uma evolução natural das que já existem, as chamadas de 2G".

Fiz questão de destacar (em negrito) dois pequeníssimos trechos dessa frase. O primeiro deles, diz que essa tal tecnologia 3G prometia uma conexão de altíssima velocidade de até 40 Mbps. Ri um bocado quando li esse texto. Eu particularmente não tive uma experiência muito boa com as internets 3G (Claro, Tim e Oi).

Na Info deste mês, o INFOlab (equipe de testes da revista) rodou por onze cidades brasileiras de diferentes regiões pra medir a velocidade da chamada banda larga móvel. A média geral foi de 2 Mbps. Há casos em que a mexicana Claro chegou a inacreditáveis (inacreditáveis MESMO!) 7,5 Mbps (leia SETE, SETE, SEEETE vírgula cinco Mbps), índice cravado em terras gaúchas. Um arquivo de 100 MB levou quase dois minutos para ser baixado.

O problema dos planos 3G é o preço. Pelo que pude pesquisar, os preços ficam na mesma faixa, mas ainda são um pouco "salgados" (isso, para modens), mas pra celulares por moedinhas por dia vc navega à vontade na rede 3G.

A tendência é que a internet móvel continua apenas crescendo e se multiplicando, ainda mais com a promessa das operadoras de telefonia que com os planos 4G, velocidade e preço baixo caminharão sempre juntos.

Vale lembrar que a ANATEL levou nada mais nada menos do que R$2.5 bilhões com os leilões dos lotes 4G. Não me surpreendi ao ver que Vivo/Telefónica, Claro, Tim e Oi levaram os quatro lotes. As operadoras têm suas obrigações a cumprirem (assim como tinham quando lançaram os lotes de 3G), entre elas, oferecer o serviço em perfeitas condições para a Zona Rural.

As operadoras (por ordem da ANATEL), devem investir pelo menos R$12 milhões no serviço até 2018 pra poder oferecer implantar a rede que vai dar suporte ao sistema 4G e à telefonia rural. Até 2014 (pra quem não se lembra, é o ano da Copa no Brasil) todas as capitais e cidades com mais de 500 mil habitantes devem (por determinação ANATEL) estar 100% cobertas pelo serviço.

 

Agora, é esperar a inserção dos serviços 4G e ver se realmente tudo que prometeram perante a ANATEL será cumprido, ou foi apenas pra conseguir mais chances de ganhar lotes no leilão.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

You are here: