Seu Curso

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Espionagem “Oculta”

Imprimir
Avaliação do Usuário: / 7
PiorMelhor 

 

Com as novas Políticas de Privacidade que o Google implantou em 1 de março (que já geraram tanta confusão), os internautas estão preocupados com a forma pela qual o Google vai monitorar seus passos na rede mundial de computadores.

Nem todos sabem que todo seu histórico nos sites do Google agora são misturados e “juntados” com os outros produtos da gigante, como Google+ (leia-se Google Plus) e Youtube. Com isso, se alguém efetuar uma simples busca pelo seu nome vai revelar muito sobre você, como sua religião, seus gostos, saúde, tendências, preferências sexuais, idade, entre outras coisas.

Além de arquivar todas as suas informações, a Google pode usá-las para “filtrar” suas buscas no site da empresa. Por exemplo, se o sistema “detecta” que você é evangélico, e você pesquisar “Jesus”, irá aparecer páginas onde Jesus é o Filho de Deus, miraculoso, um bom homem, exemplo de vida. Agora, se o sistema “detecta” que você é ateu, e você pesquisar o mesmo termo, irá aparecer apenas ofensas e sites onde Jesus não passa de uma invenção.

Com o advento da tecnologia, isso se tornará cada vez mais comum, assim como na série “Person of Interest” transmitido no Brasil pelo canal Warner, onde todas as ações de uma pessoa são monitoradas através de um sistema do Governo Americano, que consegue saber onde e com quem você está. Inclusive sobre o que estão falando.

Prepare-se pois não vai demorar muito para que isso deixe de ser apenas um seriado.

Mas, caso você não queira ter usa privacidade invadida pela Gigante da Internet, abaixo, há um rápido tutorial onde eu ensino como você pode remover seu histórico da web e impedir que outros dados sejam coletados e armazenados pelo Google no futuro.

Para começar, acesse o site https://www.google.com/history e entre com o login e senha de sua conta Google. Então, você visualizará as novas políticas de privacidade da empresa. Já na página seguinte, se o seu histórico da internet estiver habilitado, você verá uma lista de pesquisa com os links mais recentes e outros sites visitados.

Na parte superior da página, clique no botão “Remover todo o Histórico da web”, e pronto. Todos os seus dados de pesquisa até então guardados pelo Google serão removidos.

Para não ter mais seus dados gravados, clique em “pausar” próximo à caixa de pesquisa. Com isso, a gravação de histórico pelo Google ficará inativa.

Caso queira armazenar essas informações novamente, basta seguir o mesmo caminho e clicar no botão azul “Retornar”, também no topo da página.

É válido lembrar que, se você tem mais de uma conta no Google, vai ter de repetir o processo em cada uma delas.

 

Comentários  

 
0 #3 GoEzequiel Alécio Ribeiro 10-08-2012 10:43
O fato de pedir ao Google que remova os histórico ou que não faça -o não significa que o usuário está totalmente protegido. A simples petição da remoção do mesmo por parte do usuário apenas implica em o Google não exibi -lo mais ao usuário, todavia com certeza o histórico continua sendo guardado nos servidores do Google.
A grandes interesses governamentais em traçar o perfil de cada um de nós, é uma forma de monitoramento.
Os rastros que deixamos na internet revela mais sobre nós do que qualquer pessoa que conviva a anos do nosso lado possa ter percebido.
Citar
 
 
+1 #2 Resp.William Olivério 03-08-2012 11:58
Olá Bruno! Obrigado pelo comentário. Em relação à formatação, eu usei sim as mesmas fontes, entretanto, creio que houve algum erro na hora de enviar para o servidor. Já contactei o responsável pelo site.
Citar
 
 
+1 #1 .Bruno Antunes 02-08-2012 22:26
Não é só agora que o Google está reunindo várias e várias informações dos seu usuários, as novas políticas de privacidade causaram um boom na mídia mesmo.
Sobre o "filtrar" resultados, isto havia a anos, mas numa escala menor, como o filtrar o resultado por localidade, onde ao procurar a palavra "hotel" um brasileiro possuía um resultado diferente de um português por exemplo.
Acho que foi extremista demais quando disse:
"...impedir que outros dados sejam coletados e armazenados pelo Google no futuro." Afinal desde o início do Gmail o Google possui todos emails en[censored]s e utiliza isto para fazer uma propaganda direcionada ao seu perfil.
Uma coisa que notei e atrapalha um pouco a leitura, é utilizar num mesmo texto fontes diferentes de forma aleatória, é bom manter um padrão para ficar melhor a leitura.
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

You are here: