Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Quando usamos PHP para desenvolver qualquer coisa temos 4 jeitos diferentes de acessar arquivos e URLs: fopen(), fsockopen(), curl e http_request. Cada um tem suas particularidades, facilidades, prós e contras.

 

Como o CURL não vem, normalmente, instalado e habilitado em instalações Linux, segue como fazer isso em uma distribuição Fedora.

 

A primeira tarefa é verificar e atualizar seu sistema:

 

 

{code}

yum update

{/code}

 

 

Agora verifique se realmente ele já não está instalado:

 

 

{code}

yum list | grep curl –i

{/code}

 

 

Se você não tiver ele já instalado, use:

 

 

{code}

yum install libcurl* curl curl-devel

{/code}

 

 

Uma vez instalado, vamos habilitá-lo.

 

 

Edite o arquivo php.ini que fica no diretório /etc:

 

 

{code}

vi /etc/php.ini

{/code}

 

 

Encontre e descomente a linha:

 

 

{code}

extension=php_curl.so

{/code}

 

 

 

Reinicie o Apache:

 

 

{code}

service httpd restart

{/code}

 

 

Para testar você pode criar um arquivo php com:

 

 

{code}

phpinfo();

?>

{/code}

 

 

E verificar se correu tudo bem e o curl está habilitado.