Seu Curso

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

A placa de desenvolvimento Raspberry Pi

Imprimir
Avaliação do Usuário: / 21
PiorMelhor 



Raspberry Pi é um pequeno computador desenvolvido pela Fundação Raspberry Pi no Reino Unido.

A ideia da Fundação com esse projeto é estimular o estudo de Ciência da Computação básica em escolas, mas para o Brasil essa premissa parece que não funcionará tão cedo pelo peso dos impostos ao importar uma plaquinha dessas. No Reino Unido ela custa aproximadamente US$ 35,00, aqui no Brasil o valor sobre para mais ou menos R$ 200,00 no caso de uma importação!!!

O Rapberry Pi ao lado de um Arduino UNO:

Vamos a alguns dados rapidamente (http://en.wikipedia.org/wiki/Raspberry_Pi):

O Raspberry Pi existe em duas versões: A e B

A versão “A”, custa no Reino Unido US$ 25 possui apenas uma porta USB e não possui porta Ethernet, já a versão “B”, custando US 35,00, possui duas portas USB e porta Ethernet.

Para as duas versões é padrão ter 256MiB de memória RAM, saída de áudio, uma porta HDMI, uma saída de vídeo do tipo RCA e conexão para fonte de energia do tipo micro-USB, slot para cartão SD, entre outras coisas (veja detalhes em http://en.wikipedia.org/wiki/Raspberry_Pi).

Mas vamos logo ao que interessa, vamos coloca-lo para funcionar! Para isso você precisará de:

Uma placa Raspberry (utilizarei o modelo B):

Um cabo USB que possua em uma das pontas o conector micro-USB (utilizei um carregador genérico para celulares):

Um cabo HDMI para ligar a placa a um monitor ou TV:

Um cartão SD para armazenar e rodar o sistema operacional:

Um teclado USB e um mouse USB (você já deve ter visto um, certo?!).

O Raspberry roda como sistema operacional distribuições Linux específicas para processadores da família ARM. Em http://www.raspberrypi.org/downloads você encontrará várias distribuições Linux para rodar com seu Raspberry, desde Debian até Fedora!

Para esse tutorial usei o Raspbian “wheezy”, que é uma distribuição do Debian recomendado pelo site no momento, o link para download direto é http://downloads.raspberrypi.org/download.php?file=/images/raspbian/2012-08-16-wheezy-raspbian/2012-08-16-wheezy-raspbian.zip.

Uma vez feito o download você poderá usar qualquer sistema operacional para transferir o sistema operacional para o cartão SD, sendo que existem ferramentas para todos eles. Veja como:

ATENÇÃO: você perderá todos os dados do seu cartão SD, se houverem arquivos importantes, faça uma cópia de segurança antes.

Mac OS X:

Insira o cartão SD no leitor e aguarde até que seja reconhecido pelo sistema.

Abra o terminal e use o seguinte comando:

df -h

Com isso saberemos qual o filesystem do cartão para os comandos que virão.

Agora vamos desmontar o volume do cartão SD:

diskutil unmount /dev/disk1s1

Note que disk1s1 é o filesystem para o meu SD, verifique qual é o seu.

Finalmente, vamos gravar a imagem do Linux no SD. Para isso o local de gravação será rdisk1 no meu caso. Note que que encontrei com o comando df o filesystem disk1s1, apenas suprimi o s1 e coloquei a letra r (erre) antes. Verifique como deve ficar o seu antes de continuar.

sudo dd bs=1m if=~/Downloads/2012-08-16-wheezy-raspbian.img of=/dev/rdisk1

Você precisará digitar a senha do super usuário do computador. Aguarde até o comando concluir.

Agora é preciso ejetar o cartão antes de retirá-lo do leitor, execute o comando:

diskutil eject /dev/rdisk1

Windows:

Faça o download da aplicação Image Writer for Windows em http://sourceforge.net/projects/win32diskimager/files/, também existe uma cópia para download em http://www.seucurso.com.br/downloads/win32diskimager-binary.zip .

Insira o cartão SD do leitor e aguarde que seja reconhecido.

Descompacte o arquivo baixado e execute o arquivo Win32DiskImager.exe:

Selecione a unidade onde a imagem será gravada (device) e selecione a imagem do sistema operacional para o Raspberry Pi: 2012-08-16-wheezy-raspbian.img

Clique no botão Write e aguarde até a gravação seja concluída.

Depois de ter gravado a imagem do sistema operacional no cartão SD:

Insira o cartão SD no Raspberry PI:

Ligue o cabo HDMI em um monitor ou TV, conecte o teclado e o mouse USB e ligue o Raspberry Pi na fonte de alimentação (carregador de celular):

Ao liga-lo, estando com a TV ou monitor também ligado, você começará a ver o carregamento do sistema operacional:

Ao final do carregamento você terá uma tela para configurações gerais, sendo as opções:

info – Exibe informações sobre a ferramenta de configuração.

Para os curiosos.

expand_rootfs – Expanda a partição raiz do SO para que preencha todo o cartão SD.

Desejável, pois aumenta o espaço de armazenamento.

overscan – Overscan.

Em monitores ou TVs HD é possível que as bordas da telas fiquem grandes, ou seja, a imagem não preencha toda a tela, uma das formas para resolver esse problema é desabilitar essa opção.

configure_keyboard – Ajusta o layout do teclado.

Permite configurar o teclado, por exemplo, para ABNT2 no caso de possuir cedilha.

change_pass – Alterar senha.

Altera a senha padrão do usuário pi para a senha desejada. Lembre-se que o usuário root é desabilitado por padrão então o usuário de trabalho será o pi.

chage_locale – Alterar local.

Permite configurar em qual pais está o Raspberry Pi.

chage_timezone – Alterar fuso horário

Permite configurar o fuso horário de onde encontra-se o Raspberry Pi.

memory_split – Dividir a memória.

Permite criar partições.

ssh – habilitar ou desabilitar o servidor ssh.

Interessante, pois permite acesso remoto, através de um computador sendo necessário conectar o Raspberry na rede local, por exemplo, e usá-lo sem a necessidade de monitor ou TV nos próximos usos.

boot_behavior – iniciar o modo gráfico no boot?

Inicia o modo gráfico já na inicialização do sistema, não sendo necessário iniciar o serviço pelo console.

update – tentar atualizar o sistema

Tenta, através de conexão de rede, atualizar a ferramenta.

Após configurar seu Linux ao gosto, use a tecla tab para navegar entre as opções e selecione a opção Finish.

Isso te levará ao console, onde será solicitado um usuário e depois uma senha. O usuário padrão e senha do Wheezy Raspdian é:

usuário: pi

senha: raspberry

Para iniciar o modo gráfico (interface gráfica), use o comando:

startx

Bom divertimento!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

You are here: