Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A segunda melhor coisa do que ter um Arduino e alguns componentes para testar e brincar é poder simular tudo isso via software.

 

Simular elimina o custo da compra de equipamentos e materiais e nem o risco de danificar ou queimar qualquer coisa! Mas não deixe de lado o contato físico com tudo isso.

 

Há muito tempo tenho acompanhado muita gente procurando um jeito de simular o Arduino de forma simples, porém até agora só experts em eletrônica haviam conseguido. Digo isso porque é tão complicado que para circuitos simples não vale a pena.

 

Mas agora a Autodesk disponibiliza on-line uma aplicação chamada 123D Circuits onde é possível simular circuitos eletrônicos, inclusive o Arduino!

 

 

 

 

 

 

Basta entrar no site e clicar no link Launch 123D Circuits online ou ir por aqui diretamente.

 

 

 

 

 

 

Agora clique no link Get started designing electronics online! Um pop-up será aberto, portanto desabilite seu bloqueador de pop-up para esse site. Nele você terá que se cadastrar, se já for cadastrado basta efetuar o login. Vamos ao cadastro, primeiro.

 

Primeiro o País e sua data de aniversário e clique no botão Avançar:

 

 

 

 

 

 

Agora você tem a opção de criar uma conta na Autodesk ou usar sua conta no Facebook. O que mais fácil é ir via Facebook, mas para criar uma conta basta colocar seu e-mail e criar uma senha, depois clique no botão Criar conta.

 

 

 

 

 

 

Você será redirecionado para a página principal da aplicação. Para começar uma simulação de Arduino clique em New Breadboard Circuit.

 

 

 

 

 

 

Depois de tudo carregado e inicializado você terá no meio da tela uma grande protoboard, no canto superior direito três botões importantes: Code Editor (editor de código) onde você escreverá seu programa para o Arduino, Components (componentes) onde você pode escolher quais componentes deseja usar e inserir no seu projeto e Start Simulation (iniciar simulação) onde você aciona o funcionamento do circuito em conjunto com o software escrito.

 

 

 

 

 

 

Vamos começar um exemplo? Vamos fazer um LED piscar!

 

Clique em Components e encontre o Arduino Uno, uma boa dica é usar o campo de pesquisa do lado direito da janela:

 

 

 

 

 

 

Para adicioná-lo ao projeto basta arrastá-lo para próximo da protoboard:

 

 

 

 

 

 

Agora vamos ligar os pinos 5V e GND do Arduino na protoboard, basta selecionar os pinos e arrastar o fio virtual até a placa de ensaios. Você pode mudar a cor do fio clicando sobre ele e selecionando a cor na janela Breadboardwire que apare no canto superior esquerdo da tela.

 

 

 

 

 

 

Agora encontre um LED comum e coloque-o na protoboard. Você pode escolher um nome para o componente e a cor do LED que pode ser verde (green), yellow (amarelo), orange (laranja), blue (azul) e red (vermelho):

 

 

 

 

 

 

Precisamos de um resistor, encontre o componente e coloque-o na protoboard compartilhando a ligação com uma das pernas do LED. Ajuste, na janela que aparecerá à esquerda superior da tela, a resistência para 220 ohms:

 

 

 

 

 

 

Agora ligue a perna do resistor que não está ligada ao LED ao pino 2 do Arduino. Ligue também a perna do LED que não está ligado ao resistor ao negativo da protoboard (a perna torta do LED é o positivo).

 

 

 

 

 

 

Então vamos ao código! Clique em Code Editor. Note que o código já presente é para piscar o LED do pino 13, sendo assim, para piscar o LED que colocamos no pino 2 basta alterar o valor da variável led:

 

 

 

 

 

 

O código ficou assim:

 

 

{code}

// Pin 13 has an LED connected on most Arduino boards.

// give it a name:

int led = 2;

 

// the setup routine runs once when you press reset:

void setup() {

// initialize the digital pin as an output.

pinMode(led, OUTPUT);

}

 

// the loop routine runs over and over again forever:

void loop() {

digitalWrite(led, HIGH);   // turn the LED on (HIGH is the voltage level)

delay(1000);               // wait for a second

digitalWrite(led, LOW);    // turn the LED off by making the voltage LOW

delay(1000);               // wait for a second

}

{/code}

 

 

 

O que nos falta é rodar a simulação: clique em Start Simulation. O LED deverá começar a piscar.

Note que é possível simular alguns tipos de circuitos sem necessidade de usar o Arduino obrigatoriamente, basta explorar um pouco.

Pronto, com o domínio do básico agora só basta usar a imaginação e ampliar os projetos podendo testar qualquer coisa antes de colocar em prática fisicamente.