Seu Curso

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Processing: o que é e para que serve?

Imprimir
Avaliação do Usuário: / 6
PiorMelhor 

Processing é um ambiente e uma linguagem de programação open-source para pessoas que querem criar imagens, animações e interações. Inicialmente desenvolvida para servir como livro de esboços (sketchbook) e para ensinar fundamentos de programação de computadores em um contexto visual, Processing pode vir a ser também uma ferramenta para criar trabalhos profissionais.


Atualmente, existem inúmeros estudantes, artistas, designers, pesquisadores e hobistas que usam Processing para aprender, prototipar e produzir.


7 motivos para se interessar e aprender Processing:


1. Livre para download e de código aberto (open-source);

2. Gera programas interativos para saída em 2D, 3D ou PDF;

3. Utiliza a biblioteca OpenGL para acelerar gráficos 3D;

4. Disponível sob licença GNU para Linux, Mac OS X e Windows;

5. Roda projetos online ou off-line;

6. Possui mais de 100 bibliotecas de extensão de software para som, vídeo, visão computacional e etc.

7. Bem documentado e com vários livros, tutoriais, artigos e etc. disponíveis;


Bom, para começar vamos ao que interessa:


Para encontrar e instalar o Processing vá até www.processing.org, clique no link Download e baixe a versão correta para seu sistema operacional.


Existem versões para Windows 64-bit e 32-bit, Mac OS X e Linux 32-bit e 64-bit.


Um arquivo com extensão ZIP (compactado) será baixado e o primeiro passo é descompactar esse arquivo em algum lugar fácil de encontra-lo depois, por exemplo, no Meus Documentos no Windows ou no diretório home no caso do Linux.


Na pasta que será gerada pela descompressão do arquivo baixado você encontrará um arquivo chamado processing.exe, basta executá-lo com um duplo clique para ter acesso ao ambiente de programação.


No caso do Mac OS X não é preciso descompactá-lo, basta clicar duas vezes sobre o arquivo para executar o ambiente de programação.



A programação em Processing é feita com uma linguagem com as mesmas estruturas e conceitos da linguagem C, mas adaptada para o contexto de uso do Processing.


Todo programa em Processing é composto por duas funções, uma chamada setup onde fazemos todos os ajustes para o programa, como leitura de bibliotecas, declaração de variáveis e qualquer outra coisa que necessita ser executado apenas única vez e da função draw que é um loop infinito executando dos comandos desejados para o funcionamento do projeto.


Estrutura de um programa em Processing:


void setup() {
...
}
 
void draw() {
...
}


Com o ambiente aberto e pronto para receber programação vamos tentar o seguinte exemplo:


void setup() {
 size(480,120);
}
 
void draw() {
 ellipse(50,50,80,80);
}



Clicando no botão Run (executar) que se parece com um play e fica na parte superior esquerda da tela:



Teremos o seguinte resultado:



O que fizemos:


Na função setup determinamos o tamanho da janela de saída, que será de 480 de largura por 120 pixeis de altura.


Na função draw executamos o comando elipse que recebe quatro parâmetros do tipo inteiro, sendo os dois primeiro o centro da imagem em x,y e os dois últimos o raio da elipse também em x,y.


Se alterarmos o programa para:


void setup() {
 size(480,120);
}
 
void draw() {
 ellipse(50,50,70,90);
}


Teremos a seguinte saída:



Simples né?! Agora saiba que a linguagem tem milhares de comandos diferentes e milhares de bibliotecas para os mais diversos fins.


O céu é o limite! O pontapé inicial foi dado!


Para encontrar mais exemplos e tutoriais acesse www.processing.org/learning. Exemplos online totalmente funcionais podem ser encontrados em www.processing.org/learning/basics

 

Comentários  

 
0 #1 Muito bomElizangela Martins 19-11-2015 15:22
agora sim vou terminar o meu projecto
estava um pouco cinza, mas agora melhorou :roll: ;-)
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

You are here: