Seu Curso

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Realizar uma instalação mínima do Debian em uma máquina virtual

Imprimir
Avaliação do Usuário: / 5
PiorMelhor 

Você deve estar pensando: “Realizar uma instalação mínima do Debian em uma máquina virtual” hã?! Porque não uma instalação normal do Debian em uma máquina virtual?

Primeiro porque o que é mesmo “normal”? :) Segundo porque a ideia aqui é fazer uma instalação mínima que permita que possamos instalar os pacotes, e até mesmo a interface gráfica, na mão, via linhas de comando em um ambiente console (command lines – console). As vantagens são inúmeras, mas a primeira coisa que eu pensei em fazer com isso é simular (emular) o Raspberry Pi com o Raspbian “wheezy” ou o Soft-float Raspbian “wheezy” instalado.

Com o Debian mínimo em uma máquina virtual você pode testar como seria, com muita proximidade, o comportamento do sistema operacional em um Raspberry Pi.

Faça o download do arquivo mini.iso de http://ftp.nl.debian.org/debian/dists/wheezy/main/installer-i386/current/images/netboot/ que fornece uma instalação realmente pequena para o Debian, usada para pen-drives, CDs e exemplos como o deste tutorial.

Primeiro a máquina virtual: escolhi a Oracle VirtualBox por ser gratuita e relativamente fácil. O download do VirtualBox para diversas plataformas pode ser encontrado neste endereço: https://www.virtualbox.org/wiki/Downloads

Então vamos criar a máquina virtual! Clique no botão Novo, no canto superior direito da tela:

Dê nome a sua máquina virtual. Note que se ele começar com Debian o tipo e a versão serão selecionados automaticamente, caso escolha outro nome selecione tipo Linux e versão Debian. Clique no botão Próximo:

Selecione a quantidade de memória que deseja disponibilizar para essa máquina virtual, no meu caso como tenho 8 GiB vou deixar 1 GiB para ela. Clique no botão Próximo:

Para criar o disco rígido virtual, selecione a opção Criar um disco rígido virtual agora e clique no botão Criar:

Selecione o tipo de arquivo do disco rígido virtual que mais lhe convier, vou deixar no padrão do VirtualBox mesmo. Clique no botão Próximo:

Selecione a opção Tamanho Fixo, isto porque deixar como dinamicamente alocado quando a máquina virtual precisar de mais espaço irá aumentar o arquivo automaticamente, porém nesse processo o sistema operacional hospedado poderá sofrer instabilidades ou travamentos. Como já sofri com isso antes prefiro deixar todo o espaço alocado e disponíveis de uma vez. Clique no botão Próximo:

Escolha o tamanho do disco rígido virtual, irei deixar 8 GiB, o que simularia um cartão SD meio que padrão para o Raspberry Pi. Clique no botão Criar e aguarde a criação do arquivo, que pode demorar alguns minutos:

Pronto, sua máquina virtual está criada:

Vamos coloca-la para funcionar. Clique no botão Iniciar. Na janela que aparecer selecione o arquivo mini.iso baixado no início desse tutorial do local onde você o gravou:

Clique no botão Iniciar para começar a instalação:

A partir de agora, dentro da máquina virtual, você usará apenas o teclado. Selecione a primeira opção, Install, com as setas do teclado e pressione a tecla ENTER. Na tela seguinte selecione, também com as setas do teclado, a linguagem a ser utilizada durante o processo de instalação e pressione ENTER:

Agora selecione sua localidade, use as setas e depois o ENTER:

Selecione o layout do teclado:

De um nome para sua instalação (será o nome da máquina):

Dê definição de domínio, caso não queira ou não saiba, deixe em branco:

Escolha um repositório de onde serão buscados alguns arquivos para a instalação. Lembre-se, para fazer esse tipo de instalação é necessário conexão com a Internet, pois alguns pacote virão diretamente de um mirror (espelho) localizado na Internet. Escolha o Brasil, claro, se estiver no Brasil ou selecione o pais mais próximo de você:

Escolha agora o espelho do repositório do Debian, que é literalmente de onde virão os pacotes necessários, se necessários. Escolhi o da UNICAMP que é o que está mais perto de mim:

Se precisar de configurar um proxy para ter acesso à Internet essa é a hora, caso contrário deixe em branco:

Agora é só aguardar até que a instalação seja concluída e solicite mais dados. Isso irá demorar muitos minutos, dependendo da velocidade da sua conexão com a Internet.

É preciso definir uma senha para o usuário root (superusuário), capriche:

É necessário confirmar a senha:

Também é preciso criar um usuário comum, digite o nome completo para esse usuário:

Enfim, o nome do usuário, o que será usado como login. Você pode deixar o sugerido ou digitando um diferente:

Logicamente também é preciso de uma senha para esse usuário:

Confirme a senha:

Selecione a cidade de fuso horário de onde você se encontra:

Para o particionamento de disco vamos usar o mais automático possível, depois você pode testar os outros métodos e ver no que impacta na performance geral do sistema. Selecione Assistido – usar o disco inteiro:

Selecione o disco disponível, que deverá ser o da máquina virtual:

Agora selecione Todos os arquivos em uma partição (para iniciantes):

Confirme a finalização do particionamento:

Será preciso confirmar novamente, note que será necessário usar as setas do teclado e posicionar sobre a opção Sim antes de pressionar o ENTER:

Finalmente começou a instalação, ou seja, a cópia e instalação dos pacotes! Essa é a hora de ir ao banheiro, tomar um café e se distrair um pouco. :) Vai demorar e bastante.

Quase no final você será questionado se quer enviar informações anônimas para os desenvolvedores do Debian, fique livre para escolher entre o Sim e o Não:

Finalmente precisamos escolher quais pacotes adicionais desejamos instalar, para deixar a instalação realmente mínima, vamos deixar marcado apenas a opção Utilitários standard de sistema. Assim, para todo o resto, quando necessário faremos a instalação “na mão”. Use as setas do teclado para navegar e a barra de espaços para desmarcar ou marcar opções. O ENTER confirma:

Mesmo sendo o único sistema operacional sugiro sempre instalar o gerenciador de inicialização, em alguns casos, para alguns problemas, ele pode ser a única solução. Selecione Sim e pressione ENTER:

Chegou-se ao final da instalação, agora o sistema irá reiniciar. Antes de dar ENTER para Continuar, vá até o menu Dispositivos da máquina virtual, clique sobre a opção Dispositivos de CD/DVD e desmarque o arquivo mini.iso, senão na reinicialização a instalação começará novamente.

Agora é só divertimento!

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

You are here: