Seu Curso

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Introdução ao MongoDB (NoSql)

Imprimir
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 

MongoDB Logo
O mongoDB é um banco de dados open source, não-relacional (Not Only SQL) e está em expansão no mercado, atualmente algumas aplicações do Foursquare, Github, Globo e The New York Times estão rodando neste banco de dados. Consequentemente a demanda por especialistas nesta tecnologia irá crescer!
Entre suas vantagens se destacam a facilidade do uso, grande capacidade de armazenamento de dados e tempo de processamento.

É importante ressaltar que seu uso é recomendado somente em algumas aplicações, como em projetos onde seja necessário armazenar uma grande quantidade de dados com rápido processamento, os requisitos mudem ao longo do tempo pela sua fácil manutenção e entre outras. Ou seja, existem casos em que ele não é capaz de substituir o BD relacional. Além disso, muitos feedbacks relatam consumir muito espaço no HD!

Ao consultar toda a documentação e trabalhando com o mongoDB, algumas nomenclaturas são utilizadas e para melhor assimilação lembre-se das analogias:
Collections – Tabela
Documents – Linhas
Fields – Colunas

Acesse a página oficial para download.

Para inicializar no ubuntu:
No terminal, digite “sudo service mongodb start”, acesse pasta do mongodb e “./mongo”.
O comando “show databases” irá listar todos os bancos existentes, para iniciar digite “use example”.
Acessando MongoDB com Ubuntu

E você criou seu primeiro banco! Caso “example” exista, você irá acessá-lo.

Comandos básicos

Agora você poderá inserir na sua collections:
db.example.insert({nome: ‘Daniela’, idade: 17, cores: [‘azul’,’verde’], nascimento: new Date(‘Nov 28,1997‘)})

Verifique atrás do comando se a inserção foi feita corretamente:
db.example.find()
Você deve ter notado que foi gerado um field "_id" com um ObjectId, através dele é identificado cada documento.

Para fazer buscas mais específicas, lembre-se:
$lt (“<”) = last than
$lte (“<=”) = last than or equal
$gt(“>”) = greater than
$gte(“>=”) = greater than or equal
$ne(“!=”, “”) = not equal
$or(“||”, “OR”) = ou
$and(“&&”, “AND”) = e

p { margin-bottom: 0.25cm; direction: ltr; color: rgb(0, 0, 0); line-height: 120%; widows: 2; orphans: 2; }p.western { font-family: "Calibri",sans-serif; font-size: 11pt; }p.cjk { font-family: "Calibri",sans-serif; font-size: 11pt; }p.ctl { font-family: "Times New Roman",serif; font-size: 11pt; }a:link { color: rgb(0, 0, 255); }

db.example.find({nome: {$ne: ‘Daniela’},idade: {$lte: 17}})
Irá listar todos em que a idade seja menor ou igual que 17 e o nome seja diferente de Daniela.

db.example.find({idade: 17, $and: [{cores: ‘azul’}, {nome: ‘Daniela’}]})
Exibirá todos com idade igual a 17 e que possuam azul como cores E o nome seja Daniela.

db.example.find().sort({idade: -1})
Irá listar por ordem decrescente de idade, 1 caso seja para ordem crescente.

p { margin-bottom: 0.25cm; direction: ltr; color: rgb(0, 0, 0); line-height: 120%; widows: 2; orphans: 2; }p.western { font-family: "Calibri",sans-serif; font-size: 11pt; }p.cjk { font-family: "Calibri",sans-serif; font-size: 11pt; }p.ctl { font-family: "Times New Roman",serif; font-size: 11pt; }a:link { color: rgb(0, 0, 255); }

db.collections.update({nome: ‘Daniela’}, {nome: ‘Ana’})
Onde o nome é igual a Daniela, o nome será atualizado para Ana.
CUIDADO: O documento que contém os fields “Daniela, 17, azul, verde e Nov 28,1997” agora será substituído apenas pelo field “Ana”, ou seja, os fields de idade, cor e nascimento são apagados.

Para tratar isso é utilizado o $set:
p { margin-bottom: 0.25cm; direction: ltr; color: rgb(0, 0, 0); line-height: 120%; widows: 2; orphans: 2; }p.western { font-family: "Calibri",sans-serif; font-size: 11pt; }p.cjk { font-family: "Calibri",sans-serif; font-size: 11pt; }p.ctl { font-family: "Times New Roman",serif; font-size: 11pt; }a:link { color: rgb(0, 0, 255); } db.collections.update({nome: ‘Daniela’, {$set: {nome: ‘Ana’}}})
Agora todos os fields são preservados, é somente o nome é alterado para Ana.

Se você gostou, consulte toda a documentação para se aprofundar. E lembre-se que você pode contribuir com o mongoDB através do Github!

Referência:
The Little MongoDB Book - Seguin, Karl
(Disponível de graça em PDF e no iBooks).

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

You are here: