Seu Curso

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Instalar a distro Linux Fedora 16 em uma máquina virtual

Imprimir
Avaliação do Usuário: / 10
PiorMelhor 

                A distribuição em si é questão de gosto e adaptação, o núcleo do sistema é Linux assim como o interpretador de comandos que varia pouco. A grande diferença está na interface gráfica, no modo de instalar e em algumas funcionalidades e funcionamentos.

                Se você desejar enveredar-se em uma aventura e aprender algo diferente, abaixo um tutorial, bem simples, sem maiores explicações, para instalar uma distribuição Linux em uma máquina virtual.

                Primeiro vamos conseguir uma máquina virtual. Se você já conhece e usa alguma continue com ela, se quer uma sugestão poderemos usar a Virtual Box, da ORACLE. Isso mesmo da ORACLE! A grande desenvolvedora de sistemas gerenciadores de banco de dados e agora também o JAVA.

                Você pode encontrar a Virtual Box no endereço http://www.virtualbox.org

                Clicando no link downloads você encontrará várias versões para baixar, acredito que, como você quer instalar um Linux, você use o Windows, então baixe a versão para Windows.

                Uma vez que o download esteja completo, execute a instalação:

                A instalação é muito simples, basta clicar no botão NEXT na primeira tela.

                Clicar no botão NEXT na segunda tela.

                Botão NEXT novamente na terceira tela.


 

                E clicar no botão YES. Porém leia os avisos antes de sair clicando em tudo, a instalação vai desconectar você da rede temporariamente para realizar ajustes nas interfaces de rede, se estiver com algum arquivo aberto via rede ou qualquer coisa vindo ou indo pela Internet é melhor concluir seus trabalhos, salvá-los, fechar tudo antes de continuar.

                O que acontecerá é que entre a máquina virtual e os adaptadores de rede reais do computador é feito uma interface para que  o que for instalado na máquina virtual acredite que tem adaptadores de rede a sua disposição, assim você terá, por exemplo, um IP para seu Windows e outro para o sistema da máquina virtual.

                Na “última” tela é só clicar no botão INSTALL.

                Agora é só aguardar...

                A instalação pode demorar muito tempo e emitir vários avisos.

                Ao término é só clicar no botão FINISH para concluir e abrir a Virtual Box.

 

                OK, temos a Virtual Box instalada e disponível, agora vamos obter o Fedora Linux: acesse http://www.fedoraproject.org/ e clique no link Download.

                Na página que abrirá existe um link em forma de botão BAIXE AGORA! não clique nele, esta é uma mídia para uso de Live CD, ou seja, usar sem instalar. Mais abaixo existe um link OUTRAS OPÇÕES: FORMATOS... clique nele. Agora encontre a seção FEDORA 16 DVD e baixe a versão que melhor se adaptará ao seu computador, 32 ou 64bits. Basta esperar alguns segundos que o download será iniciado automaticamente, caso isso não aconteça é oferecido um link para iniciará o download.

                Enquando você aguardo o download do Fedora, o que podemorar boas horas, dê uma navegada pelo site do projeto do Fedora para conhecer mais sobre essa distribuição.

                Com o download concluído deixeo arquivo ISO em um local onde você possa encontrá-lo facilmente mais tarde, vamos para a instalação.

                Abra a Virtual Box:

                Clique no ícone NOVO ou vá ao menu MÁQUINA e clique na opção NOVO.

                Vamos seguir o passo-a-passo para a criação de uma nova máquina virtual, na tela de abetura clique no botão PRÓXIMO.

                Dê um nome para sua máquina virtual. Como vou utilizar o Fedora 16, darei exatamente esse nome para minha máquina virtual. Fique a vontade para dar o nome que quiser para a sua.

                Em seguida selecione o tipo do sistema operacional que será utilizado: Linux.

                Também seleciona a versão do sistema operacional que será utilizado: Fedora.

                Clique no botão PRÓXIMO.

                Selecione a quantidade de memória que deseja reservar para a máquina virtual. Note que deixar pouca memória fará com que sua máquina virtual seja muito lenta, deixar de mais fará com que seu computador fique lento. Para um primeiro teste, fique com o recomendado.

                Clique no botão PRÓXIMO.

                Na próxima tela vamos usar as configurações padrões, portanto clique no botão PRÓXIMO.

                Vamos criar nosso disco virtual! Vamos utilizar o tipo de arquivo para disco virtual padrão da Virtual Box, selecione a opção VDI (VirtualBox Disk Image) e clique no botão PRÓXIMO.

                Agora selecione a opção TAMANHO FIXO, isso fará com que o arquivo de disco virtual seja criado completamente e não incrementado conforme necessário, isso o trará um desempenho melhor já que para aumentar o tamanho do arquivo muitos recursos de processamento e acesso ao disco são necessários. Clique no botão PRÓXIMO.

                Selecione o tamanho do seu disco virtual, mas lembre-se que esse espaço será utilizado do seu disco rídigo, ou seja, se deixar muito poderá comprometer todo seu sistema, pois não terá mais espaço no HD, se deixar de menos o sistema que tentaremos instalar pode não caber. Como primeiro teste deixe os valores padrões e clique no botão PRÓXIMO.

                Agora é só clicar no botão CRIAR e aguardar.

                Ao final será apresentado uma tela para finalmente a criação da máquina virtual, clique no botão CRIAR.

                Ok, tudo criado e configurado, vamos iniciar a instalação do Fedora nesta máquina virtual. Selecione a máquina Fedora 16 (desligada) e clique no ícone INICIAR ou vá ao menu MÁQUINA e clique na opção INICIAR.

Leia o aviso e clique no botão OK.

                Na primeira execução seremos auxiliados para executar as primeiras configurações e instalação do sistema operacional, vamos lá: leia e clique no botão PRÓXIMO.

                Selecione o arquivo ISO do Fedora que baixamos. E clique no botão PRÓXIMO.

                Confira as configurações e clique no botão INICIAR para que a instalação do sistema operacional tenha início.

Com isso a instalação do Fedora irá iniciar com a tela abaixo. Alguns avisos serão exibidos, sendo eles:

1º Aviso de adequação na profundidade de cores. Se sua profundidade de cores for superior a 24bits você receberá o aviso de que seu monitor virtual trabalhará apenas com essa profundidade de cores.

2º Aviso de captura de tela. Quando você clicar na tela o ponteiro do mouse será capturado e passará a funcionar apenas dentro da máquina virtual, para usar o ponteiro novamente fora da máquina virtual basta pressionar a tecla CRTL do lado direito do teclado. O mesmo acontecerá com o teclado.

3º Aviso de interrupção da máquina virtual. Você pode interromper a máquina virtual, ou ela pode ser interrompida por algum erro, a qualquer momento.

                Visto todos os avisos teremos a seguinte tela para a instalação do Fedora.

 

                Com as setas do teclado selecione a opção Install or upgrade Fedora e pressione a tecla ENTER e aguarde.

 

 

                É altamente recomendável testar a mídia de instalação antes de proceguir para evitar surpresas desagradáveis durante a instalação, porém não estamos usando uma mídia e sim um arquivo, selecione a opção Skip e pressione ENTER. Aguarde.

 

Selecione o idioma para a instalação e clique no botão NEXT.

                Selecione o layout do seu teclado e clique no botão NEXT.

                Para uma instalação simplificada e já que para a máquina virtual não são necessárias grandes configurações deixe selecionado a opção DISPOSITIVOS DE ARMAZENAMENTO BÁSICOS e clique no botão NEXT.

                Será exibido uma mensagem de alerta dizendo que caso exista algum dado na unidade de armazemento (HD) eles serão perdidos. Fique tranquilo, estamos usando a máquina virtual que acabamos de criar, clique no botão YES, DISCARD ANY DATA e aguarde.

                Dê um nome para o host (computador) e clique no botão NEXT. Lembre-se apenas de não usar espaço ou acentos no nome.

                Ajuste seu fuso horário e clique no botão NEXT.

                Atribua uma senha ao super-usuário. Essa senha deve ser forte: letras e números, maúsculas e minúsculas. Com o super-usuário pode-se fazer qualquer coisa com o sistema, por isso é importante resguardá-lo. Clique no botão NEXT.

                Agora é preciso definiar o layout da instalação, selecione a opção USE TODO O ESPAÇO e clique no botão NEXT. Aguarde.

                É preciso confirmar a opção de layout, clique no botão APLICAR MUDANÇAS NO DISCO. Aguarde novamente.

                Selecione o propósito da instalação: desktop gráfico (instalação comum), desenvolvimento de software, servidor web ou mínima. Também selecione se deseja customizar a instalação agora (CUSTOMIZE NOW) ou depois (CUSTOMIZE LATER). Iremos fazer a instalação mais comum possível, como temos feito até agora, apenas clique no botão NEXT.

                Agora é só aguardar a instalação acontencer.

 

                Para finalizar a instalação clique no botão REBOOT. A máquina virtual irá reiniciar.

                Ao reiniciar aparecerá a tela abaixo, aguarde ou pressione ENTER.

                Agora vamos aos ajustes finais:

                Clique no botão AVANÇAR.

                AVANÇAR novamente.

                Ajuste a data e hora do seu computador caso necessário, clique no botão AVANÇAR.

                Vamos criar um usuário comum para utilizarmos o Linux. É importante não utilizar o super-usuário para as tarefas cotidianas por questões de segurança. Defina o nome do seu usuário e atribua-lhe uma senha. Clique no botão AVANÇAR.

                Verifique seu prefil de hardware e clique no botão CONCLUIR.

                Clique no seu usuário e digite sua senha.

                Pronto, agora é só explorar.

Comentários  

 
0 #1 Muito Obrigadowillvkc 28-06-2012 14:09
:D deu tudo certo vlw
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

You are here: