Seu Curso

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Construindo um robô com o kit TG007 da Tato Equipamentos Eletrônicos

Imprimir
Avaliação do Usuário: / 8
PiorMelhor 

 

A grande questão em ler os tutoriais sobre o Arduino no site www.seucurso.com.br não é conseguir operar e entender o funcionamento dos equipamentos separadamente, mas sim como juntá-los em única aplicação, todos operando para dar “vida” a um pequeno robô.

O primeiro teste de todos esses conceitos foi a grande alteração que fiz, com a ajuda de Erick Ribeiro e Marcelo Suzegan, em um despertador da Imaginarium que não funcionava há algum tempo, mas possui motores e rodas que poderiam ser reaproveitados.

A construção foi bem sucedida, mas não se pode dizer o mesmo quanto ao funcionamento: com uma das rodas com um pequeno dano, motores já fadigados o robô até se move, mas de forma irregular. Até que foi divertido todo o desafio de automatizá-lo, usando um Arduino, dois transistores, dois LEDs, um backligth (do display do relógio, que estava quebrado) e alguns resistores, mas não foi um resultado de encher os olhos.

 

A melhor solução não demorou a ser encontrada: o kit TG007 da Tato Equipamentos Eletrônicos, que pode ser comprado em www.tato.ind.br

Acessível e fácil de montar, com alguns componentes extras e um bom Arduino, que também pode ser adquirido na Tato via o site mostrou-se o melhor caminho para quem está começando, sem grandes conhecimentos de mecânica ou eletrônica, mas que gosta de passar horas divertidíssimas criando máquinas incríveis.

OK, vamos colocar a mão na massa, vamos montar nosso robozinho!

Após receber seu kit você perceberá que ele trás os seguintes componentes, além de um manual para montagem em inglês. Mas vamos facilitar as coisas mais ainda. Primeiro vamos conferir as partes:

02 chassis, um que será a parte superior (à esquerda da imagem) e outro que será a parte inferior (à direita da imagem) do robô. Esses chassis possuem o formato e as furações adequadas para o encaixe das peças e sensores diversos.

04 peças para suporte dos motores, sendo duas para cada motor

02 rodas dentadas que podem ser utilizadas junto a um sensor para medir distância e/ou velocidade

02 motores com caixa de redução

01 esfera de giro livre

02 rodas com pneus de borracha

01 suporte para 3 pilhas pequenas, padrão AA

08 espaçadores de 25mm e 4 espaçadores de 10mm

4 parafusos de 3mm de diâmetro e 30mm de comprimento com cabeça arredondada, 02 parafusos de 3mm de diâmetro e 10mm de comprimento com cabeça chata, 06 parafusos de 3mm de diâmetro e 6mm de comprimento com cabeça arredondada e 06 porcas para parafusos de 3mm de diâmetro

Com todas as peças em mãos, agora é só montar:

O primeiro passo é soldar fios aos motores, para que eles possam ser ligados ao equipamento depois. A melhor hora é essa, com tudo ainda desmontado. Solte os motores da caixa de redução. Eles são bem presos com duas tiras plásticas flexíveis. A remoção deve ser feita com calma e sem força, é tudo questão de jeito.

Solde os fios e coloque os motores de volta na caixa de redução, depois prendendo-os com as tiras plásticas.

Agora também é a melhor hora de colocar as rodas dentadas em uma das pontas de eixo dos motores. Faça isso também com jeito, sem forçar a caixa de redução. O resultado deve ser o seguinte:

Agora vamos colocar os suportes para os motores na parte inferior do chassis. Eles são apenas encaixados e quando aparafusados aos motores ficam firmes e perfeitamente presos.

Agora é só colocar os motores, um a cada vez, nos devidos lugares e usando dois parafusos de 30mm de comprimento afixá-los usando porcas na extremidade interna.

Visão interna:

Visão externa:

Tudo no lugar:

Encaixe as rodas nas pontas de eixo externas das caixas de redução:

Chegou a vez da esfera de giro livre, o apoio do robô. Usando dois espaçadores de 25mm e dois parafusos de 6mm com cabeça arredondada prenda-os no chassis inferior:

Usando mais dois parafusos de 6mm com cabeça arredondada prenda a esfera de giro livre aos espaçadores:

Ainda no chassis inferior, mas do lado oposto ao que foi instalado os motores e a esfera de giro livre, vamos fixar o suporte para pilhas. Faça isso usando os parafusos de cabeça chata:

O próximo passo é colocar 5 espaçadores de 25mm no chassis inferior, do mesmo lado do suporte para pilhas. Para fixa-los use parafusos de 6mm de comprimento prendendo-os firmemente, esses espaçadores serão utilizados para fixar o chassis superior. Você pode escolher as melhores posições para os espaçadores de acordo com seu projeto em concordância com a furação preexistente, veja as posições que escolhi na imagem abaixo:

Antes de aparafusar o chassis superior aos espaçadores, coloque nele dois espaçadores de 10mm de comprimento para que seja possível aparafusar o Arduino ao chassis superior. A melhor hora é agora, pois os espaçadores de 10mm terão que ser aparafusados por baixo. Com os espaçadores no lugar agora é aparafusar o chassis superior:

A montagem está pronta, daqui para frente é dar “vida para a máquina”!

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

You are here: