Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 

Todo mundo e todas as coisas tem seus momentos bizarros, às vezes, por culpa alheia e o Windows não escapou dessa. Na verdade essas “bizarrices” são explicáveis tecnicamente, mas poderiam ser evitadas com um pouco mais de capricho. Vamos fazer os seguintes testes:

 

Teste nº 01

 

Crie uma pasta com um dos seguintes nomes:  COM, PRN, LPT, COM1, AUX ou NUL

 

O Windows não deixará! No Windows XP a pasta ficará “misteriosamente” com o nome de “nova pasta”, no Windows 7 ou 8 será exibida uma mensagem de erro.

 

 

 

 

Isso acontece porque no Windows não é possível dar nomes de pasta ou arquivos com palavras de dispositivos, que são palavras reservadas.

 

 

Teste nº 02

 

Abra o Bloco de Notas (Notepad), não precisa digitar nenhum texto, mas se quiser fique à vontade. Clique no menu Arquivo e em seguida em Salvar como. No nome do arquivo tente os seguintes: .txt, .doc, .xls ou .ppt.

 

Você terá o ícone do arquivo criado, mas o nome dele não aparecerá!

 

 

 

 

Suponho que isso aconteça pelos resquícios herdados pelo MS-DOS do UNIX, onde arquivos iniciados com ponto são arquivos ocultos e com isso o Windows não “entende” bem essa atitude.

 

Ah, no Windows 8 isso foi resolvido, se você der um nome desses para seu arquivo ele aparecerá.

 

 

Teste nº 03

 

Abra novamente o seu Bloco de Notas (Notepad), digite na primeira linha .LOG (com o ponto e letras maiúsculas) e dê ENTER. Salve seu arquivo com qualquer nome e abra-o novamente, você verá algo assim:

 

 

 

Toda vez que você abrir o arquivo ele escreverá a data e a hora que isso aconteceu. Se salvar e abrir novamente depois de um tempo a mesma coisa acontecerá.

 

Para essa, confesso, não tenho nenhuma explicação e também não achei nada na Internet que explicasse isso!